A troca de dentição é uma fase muito importante para os pequenos. Isso porque, além deles se sentirem mais velhos com a queda dos dentes, esse é um processo necessário para o desenvolvimento saudável da criança. Chegou a hora de você saber então alguns segredos da troca de dentição do seu filho que vão te ajudar a entender a importância dos dentes de leite e também como você pode aproveitar ainda mais a fase das janelinhas!

A importância dos dentes de leite

Os dentes de leite são aqueles que os dentistas chamam de decíduos. Eles foram carinhosamente apelidados assim por serem um pouco mais brancos que os dentes permanentes. Interessante, não é mesmo?

Esses dentinhos começam a nascer por volta dos seis meses e a troca de dentição acontece próximo aos seis anos. Mas entre esse meio tempo, eles desempenham funções muito importantes!

Na mastigação, por exemplo, os dentes de leite contribuem para as primeiras adaptações na alimentação. Isso está diretamente ligado ao desenvolvimento da criança. Já na fala, esses primeiros dentes também se mostram necessários para a emissão de determinados sons.

Outra dessas funções é a marcação de espaço. Afinal, os dentinhos ficam ali justamente para guardar o lugar que o dente permanente ocupará.

Os 3 segredos da troca de dentição

Agora você deve estar se perguntando: se os dentinhos de leite são tão importantes, por que acontece a troca de dentição?

Quando os dentinhos ficam moles, é porque as raízes estão sendo absorvidas pelas dos dentes permanentes. Isso faz com que eles percam a ligação com o osso e acabem se soltando de maneira natural.

E é aí que entram os 3 segredos que temos para te contar! Olha só:

1) A troca de dentição é supernecessária

 Ao passar dos anos, o corpo da criança se desenvolve e até os seis anos, seu filho tem cerca de 20 dentinhos de leite. Esse é o tempo que os dentes permanentes precisavam para ficarem prontos.

Além disso, nessa idade, a boca do seu filho já tem mais espaço e os dentinhos começam a cair para dar espaço aos novos, maiores e mais fortes.

Essa é a hora das crianças terem dentes mais adequados às próximas fases da vida! Por isso, respeite esse tempo e espere até os dentes de leite ficarem bem moles ou caírem naturalmente. Nada de arrancá-los com força, ok?

2) Agora é hora de intensificar os cuidados! 

Ainda que o hábito de escovar os dentes direitinho já tenha sido criado com a criança, é essencial não descuidar depois que os dentinhos caem. Então um dos segredos para ter uma troca de dentição saudável é continuar com esses cuidados.

A dica é deixar que a criança faça a escovação dos novos dentinhos e os pais apenas façam a “última limpeza”. É importante dar esse “check” para incentivar que os pequenos caprichem e cuidem cada vez mais.

3) Antes dos dentinhos caírem, você tem uma incrível oportunidade

Os 20 dentinhos de leite possuem um verdadeiro tesouro: em sua polpa dental há células-tronco. Essas células são muito especiais porque têm uma alta capacidade regenerativa.

E é na troca de dentição que é possível aproveitar essa oportunidade! Antes dos dentinhos caírem, você pode coletar essas células-tronco com um dentista especializado e guardá-las em um laboratório. O armazenamento dessas células tão especiais abre um universo de possibilidades para a saúde do seu filho, caso ele precise. E claro, você pode solicitá-las quando e quantas vezes precisar!

Mas lembre-se: dentinho caído, tesouro perdido. É preciso aproveitar a troca de dentição, quando o decíduo ainda tem 1/3 de raiz e ainda é irrigado de sangue. Essas condições são importantes para manter a vida e a qualidade das células-tronco.

Dente mole? Conte com a R•Crio para armazenar células-tronco!

A R•Crio é o único Centro de Processamento Celular do Brasil especializado na multiplicação e no armazenamento de células-tronco do dentinho de leite. Nossos processos são exclusivos, reconhecidos pela NASA e recomendados pela Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

Você pode dar essa segurança extra para o seu filho! Preencha o formulário abaixo e saiba mais!