Um estudo desenvolvido em uma parceira entre os hospitais Menino Jesus e Sírio Libanês, com recursos do SUS, tem apontado um novo caminho para crianças com lábio leporino: formar o osso da gengiva a partir das células-tronco do dente de leite.

Ver matéria completa