Congelar células-tronco pode ser planejado com antecedência e oferece uma segurança extra para a saúde do seu filho

Uma das muitas preocupações dos pais e das mães é o futuro dos filhos: seus estudos, seu crescimento, sua saúde. Por isso, o planejamento familiar é fundamental. Mas se congelar células-tronco nunca entrou no seu planejamento, vamos te explicar por que deve entrar agora mesmo.

A seguir, vamos explicar um pouco mais sobre o potencial das células-tronco, os benefícios de armazená-las e como você pode se planejar para dar esse passo a mais para proteger a saúde do seu pequeno. Acompanhe!

Congelar células-tronco: como funciona?

Congelar células-tronco nada mais é do que armazená-las. Ou seja, você coleta as células-tronco, presentes em várias partes do corpo, inclusive nos dentinhos de leite do seu filho. Estas serão isoladas, multiplicadas, testadas e armazenadas em temperaturas baixíssimas, de forma a garantir que elas mantenham suas capacidades especiais. Já falaremos delas!

Isso tudo deve ser feito por profissionais superqualificados e, é claro, em um laboratório especializado.

Por isso, congelar células-tronco, principalmente as encontradas na polpa do dente de leite, pode trazer benefícios por toda a vida dos pequenos. Isso porque, depois de armazenadas, essas células do dente podem ser utilizadas em diversos tratamentos inovadores!

As células-tronco do dente: vamos falar delas

O corpo humano é tão incrível que permite encontrar células-tronco em suas diferentes partes (entenda mais aqui). Você certamente já ouviu falar, por exemplo, das células do cordão umbilical, não é mesmo?

Mas as células-tronco do dente de leite são especiais. Isso porque elas têm um alto potencial de multiplicação e podem se transformar em células dos músculos, do tecido nervoso, do tecido adiposo, dos ossos, da pele, do tecido cardíaco e da cartilagem. Ou seja, elas podem ser utilizadas em uma infinidade de tratamentos!

Assim, aproveite as fases da janelinha para fazer a coleta das células-tronco do dente de leite, já que é preciso extraí-lo ainda com 1/3 da raiz. Ou seja, o dentinho de leite não pode ter caído ainda!

Como incluir o armazenamento dessas células no planejamento familiar?

Congelar células-tronco pode (e deve) estar no planejamento para o futuro da sua família porque, ao fazer isso hoje, você poderá colher os frutos no futuro. Dessa forma, seu pequeno terá esse tesouro guardado para toda a vida dele e, quando precisar, ele terá acesso a essas células especiais sem nenhum problema.

Ao contrário do que você possa pensar, armazenar células-tronco do dente de leite é uma possibilidade bastante acessível financeiramente. A R•Crio, por exemplo, oferece tabelas de planos que variam de acordo com a quantidade de filhos e a idade de cada um deles. Além disso, são oferecidos planos especiais para gestantes ou para crianças que ainda não começaram a perder os dentinhos e possibilidades de parcelamento.

Quanto antes você se planejar para fazer esse investimento para o futuro, mais cedo terá esse tesouro guardado e essa segurança para a saúde dos seus filhos. Como em qualquer investimento, planejamento aqui também é a palavra-chave!

Para saber quanto custa congelar as células-tronco do dentinho do seu filho na R•Crio, preencha o formulário abaixo. Nossa equipe entrará em contato com você em breve!