O tratamento de um futuro que começa agora

Os tratamentos com células-tronco estão cada vez mais acessíveis e eficazes, por isso, o armazenamento, a multiplicação e a preservação dessas células são uma forma cada vez mais concreta de preservar a saúde das novas gerações.

Com os avanços da medicina, o tratamento e até mesmo a cura de doenças que hoje são consideradas incuráveis estão se tornando algo cada vez mais possível e palpável. Isso engloba desde condições mais simples, como queimaduras e fraturas, até diabetes, Alzheimer e autismo, por exemplo.

Quero Armazenar

Descobrindo o tesouro escondido

O dente de leite guarda um tesouro precioso, capaz de beneficiar a saúde de seu filho durante toda a vida: células-tronco capazes de auxiliar na regeneração de diversos tipos de tecidos e órgãos, como:

  • Músculo

  • Dentes

  • Pele

  • Células beta (Pâncreas)

  • Cartilagem

  • Tecido nervoso e adiposo

  • Ossos

  • Tecido cardiáco

  • Fígado

Como funciona o cultivo desse tesouro tão precioso?

Imagine o dentinho de leite de seu filho como uma pequena sementinha. Nós costumamos chamar essa semente de “fruto da plenitude”.

Coleta

Nós vamos indicar um profissional de saúde credenciado, que será responsável por examinar e agendar a coleta (exodontia).

Transporte

Na data estabelecida, a sementinha será coletada e armazenada nas condições adequadas para o transporte até a R-Crio.

Cultivo

Assim que estiver em nossas mãos, vamos semeá-la e cultivá-la com todo carinho e dedicação que uma vida merece.

Certificação

Após expansão e testes de qualidade, enviaremos para você um certificado de Criopreservação das Células-tronco.

A partir daí, você poderá entrar em contato com a gente e solicitar uma colheita sempre que seu filho precisar.

Uma pequena sementinha plantada hoje pode se tornar o fruto de uma vida plena e saudável.

Quando e como devo extrair?

Quanto mais cedo for feita a extração, mais jovens serão as células coletadas e melhores serão os resultados e a qualidade do material. Mas isso não significa que após a perda do primeiro dente de leite não se pode mais armazená-las.

Assim que o dente for extraído, ele será encaminhado para a R•Crio e será muito bem cuidado através de procedimentos que garantirão a qualidade e a multiplicação do material coletado.

Seu filho poderá utilizar as células em mais de uma oportunidade, pois elas podem passar por mais de um processo de multiplicação e ficar armazenadas por um período indeterminado.

Por que a célula-tronco da polpa do dente de leite é especial em relação às outras?

Quero Armazenar