As células-tronco já são muito estudadas há anos por cientistas e profissionais da saúde do mundo todo, assim representando novas possibilidades de tratamento para doenças degenerativas. Muitas dessas doenças estão relacionadas com o mal funcionamento das células do corpo, algo natural presente no envelhecimento do indivíduo.

Nesse texto iremos apresentar alguns tratamentos com células-tronco e seus principais objetivos, de forma que você poderá entender um pouquinho mais sobre essa nova forma de promoção de saúde.

Armazenamento com objetivo de tratamento

Antes de iniciarmos, importante comentarmos sobre o armazenamento de células-tronco e a importância dele para a a realização de tratamentos. Em suma, criopreservar as células-tronco é uma forma de ter guardadas “peças de reposição” para substituírem as células envelhecidas do corpo, as quais já não estão desempenhando seu papel corretamente.

Lembre-se de que as células-tronco mesenquimais são aquelas células “coringas” do corpo, capazes de se diferenciarem em células dos tecidos e órgãos do corpo humano. Portanto, elas possuem a capacidade de  promover a regeneração do local necessitado. Para ler sobre como fazer o armazenamento por meio dos dentes de leite, clique aqui.

Tratamentos com células-tronco

Nossa equipe consultou o site Alliance for Regenerative Medicine (Aliança pela Medicina Regenerativa) para apresentar para você alguns tratamentos com células-tronco acessíveis ao redor do mundo.

Cupistem®

Cupistem® foi desenvolvido pela empresa Anterogen®, de Seoul na Coréia do Sul. O tratamento utiliza células-tronco mesenquimais autólogas (próprias do indivíduo) de origem do tecido adiposo, e é indicado para tratar fístulas causadas pela Doença de Crohn. Ele foi aprovado em 2012, e se destaca pelos resultados positivos consistentes.

tratamento com células-tronco

Cupistem® – fonte: Korean Ministry of Drug and Food Safety

Segundo informações da Korean Ministry of Drug and Food Safety, o tratamento regenerou por completo as fístulas de 82% dos pacientes após somente 8 semanas do tratamento.

Holoclar®

O tratamento Holoclar® foi aprovado pelo EMA – European Medicines Agency, e busca a substituição de células danificadas na superfície da córnea (epitélio), a parte transparente na frente do olho cobrindo a íris. O tratamento é indicado para pacientes adultos com lesão moderada-severa causada por queimaduras nos olhos, incluindo as queimaduras químicas.

Os pacientes que foram acometidos por essas queimaduras não possuem as células-tronco necessárias para promover a regeneração do local. Dessa forma, utiliza-se as células-tronco líbicas retiradas do próprio paciente para fazer a multiplicação no laboratório e, então, as utilizar em uma membrana. Por fim, essa membrana será transplantada para o olho do paciente. Caso queira mais informações, veja a publicação oficial do EMA aqui.

Stemirac®

Aprovada no Japão pelo PMDA – Pharmaceuticals and Medical Devices Agency, o Stemirac®, da empresa Nipro Corporation®, busca melhorar a resposta neurológica frente a desordens associadas a lesões da medula espinhal causadas por injúrias e traumas. O tratamento utiliza células-tronco mesenquimais próprias do paciente retiradas da medula óssea.

O tratamento com células-tronco foi aprovado para comercialização em junho de 2018. Conforme o PMDA, é indicado realizar o tratamento após 31 dias depois da lesão espinhal. Você pode ler mais sobre o tratamento diretamente pela publicação do PMDA.

Cellgram®

Cellgram® é um tratamento com células-tronco mesenquimais autólogas (do próprio paciente) aprovado em 2011 pelo MFDS – Ministry of Food and Drug Safety da Coréia do Sul. Ele foi desenvolvido pela empresa Pharmicell®, e é indicado para pacientes com Infarto Agudo do Miocárdio. De acordo com o site do MFDS, essa terapia com células-tronco foi a primeira aprovada no mundo.

A terapia busca melhorar o rápido decaimento da função cardíaca do paciente pós-infarto via infusão na artéria intracoronária. Simultaneamente, a Pharmicell® pensa na utilização da terapia para doenças e condições como derrames, injúrias da medula espinhal, cirrose, disfunção erétil, e isquemia crítica de membros.

tratamento com células-tronco

Cellgram® – Fonte MFDS

Neuronata-R®

Assim como a anterior, a Neuronata-R® é uma terapia com células-tronco aprovada também na Coréia do Sul. Esse tratamento com células-tronco é indicado para pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Nesse sentido, ele utiliza células-tronco mesenquimais, e age como um neuroprotetor para impedir a progressão da doença. Portanto o objetivo do tratamento é preservar células nervosas e motoras por meio do controle da resposta inflamatória. Leia aqui sobre a função anti-inflamatória das células-tronco.

tratamento com celulas tronco

Neuronata-R®

Tratamento com células-tronco no Brasil

No início de 2020, a Anvisa publicou a RDC 338/2020, explicando como pesquisadores e profissionais de saúde podem registrar tratamentos com células-tronco no Brasil. Essa resolução foi baseada em resoluções do FDA, EMA e PMDA, algumas mencionadas nesse texto.

Como resultado, tratamentos com células-tronco que já passaram pela fase de testes, e que apresentaram segurança e eficácia, poderão ser submetidos para registro e comercialização aqui no Brasil. A R-Crio produziu um texto explicando o histórico regulatório.

Gostou?

No site da Alliance for Regenerative Medicine você poderá ver mais tratamentos com células-tronco já realizados ao redor do mundo.

Continue pesquisando para entender a importância de congelar células-tronco o quanto antes, assim garantindo seu acesso a tratamentos regenerativos, como vimos acima.

Obrigado por ler até aqui! Semana que vem temos um novo texto.